Publicidades Surgiu-200

Bebê corre risco de morte em Palmas depois de receber leite na veia

A profissional envolvida no incidente, informou a Sesau, foi afastada de suas funções

Postada em: 02/04/2013 00h04m
A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) confirmou nesta segunda-feira, 1º, que um bebê recém-nascido recebeu injeção de leite na veio ao invés de medicamento. O erro médico aconteceu no Hospital e Maternidade Dona Regina, em Palmas.

O caso tinha sido denunciado pela mãe da criança ao Ministério Público Estadual (PM), que o investigava através da Promotoria de Infância e Juventude da capital.

A Sesau informou, por meio de nota, que o incidente ocorreu por falha humana provocada pela técnica de enfermagem de plantão. Segundo a secretaria, a criança corre de risco de morte em razão da infusão.

O bebê nasceu prematuro no último dia 21 de fevereiro, permanecendo internado na UTI Neonatal por desconforto respiratório.

A profissional envolvida no incidente, informou a Sesau, foi afastada de suas funções. Uma sindicância deve ser instaurada para investigar o caso e apurar a responsabilidade da técnica de enfermagem, que pode vir a ser exonerada.

Confira, na íntegra, a nota da Sesau sobre o caso:


NOTA TÉCNICA

A Secretaria Estadual de Saúde esclarece que:

- No dia 30 de março de 2013, por falha humana (da técnica de enfermagem de plantão, ocorreu a infusão acidental de leite endovenoso no paciente, RN de Deizy Fernandes dos Santos;

- A mais grave e importante conseqüência desta infusão, com risco de morte é a embolia venosa (obstrução de vasos sanguíneos), que pode acontecer em qualquer órgão em até 72 horas após o ocorrido;

- Hoje, após 48 horas do fato ocorrido, o RN apresenta-se em estado grave, porém estável, sob monitoramento contínua de toda a equipe para evidenciar uma possível embolia, o que não aconteceu até o momento;

- Vale ressaltar que no domingo este paciente apresentou piora clinica por infecção bacteriana e fúngica (comprovadas por exames laboratoriais), caso que não tem relação com o fato de embolia ou algo relacionado com a infusão acidental de leite endovenoso;

- O RN nasceu neste hospital no dia 21/02/2013 e desde o nascimento está internado na UTI Neonatal deste hospital com diagnóstico inicial de prematuridade e desconforto respiratório. O RN permanece internado neste serviço até a presente data devido à necessidade de ventilação mecânica para respirar e está em tratamento para pneumonia aspirativa desde o dia 27/03/2013;

- A Secretaria informa ainda que a profissional envolvida está afastada de suas funções e será instaurada sindicância para apurar os fatos e devidas providências.

BEBÊ
  • Foto: Reprodução
  • Fonte: REDETO
  • Postador:

Digite o codigo abaixo:

Recarregar imagem