Noticias Esportes Classificados Entretenimento
Caso das meninas nuas: Whatsapp e Instagram devem revelar o autor
Delegado geral James Guerra disse que já acionou esses sites para descobrir que vazou
Postada em: 20/03/2013 ás 11:08:01 Link:
Publicidades Surgiu-22
Em entrevista nesta quarta-feira (20/03) ao programa Bom Dia Meio Norte, apresentado por Ieldyson Vasconcelos, da TV Meio Norte, o delegado geral James Guerra, disse que vai acionar os proprietários das redes sociais WhatsApp e Instagram para que revelem o autor do vazamento de fotos de adolescentes de Teresina nuas.

Desde o fim de semana passado se fala no vazamento destas fotos através destes sites. O que era uma brincadeira entre amigas, segundo informações extra-oficiais, tornou-se em escândalo.

Elas estariam fazendo parte de um grupo de amigos onde apenas elas viam essas fotos. No entanto uma delas teria se chateado com algo e espalhou algumas das fotos.

Pronto. Foi o suficiente para espalharem as fotos via essas redes sociais, bastante utilizada de uns tempos para cá principalmente entre os jovens. Essas meninas seriam de escolas tradicionais de Teresina.

O caso tornou-se público e pode já estar constrangendo as famílias dessas adolescentes. "Antes de tudo, o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) protege essas jovens. Não podem ter essas imagens expostas por quem quer que seja. É preciso que isso seja descoberto, quem vazou essas fotos, quem foi o autor. Nós já contactamos com os gerentes desses sites (WhatsApp e Instagram). Um é da California e o outro pertence ao Facebook. Junto à Delegacia Especializada em Crimes na Internet temos como identificar e isso vai ser feito", disse James Guerra.


ENTENDA O CASO

Desde a última segunda-feira (18/03) que circulam na internet fotos de garotas de 14 a 17 anos, de duas escolas renomadas de Teresina, onde aparecem seminuas e nuas. Uma conta falsa no Facebook foi criada para que as imagens fossem espalhadas. Esse é o principal assunto nas rodas de escolas e faculdades da cidade. 

As informações são de que duas meninas, que faziam parte de um grupo, formado por outras garotas, no WhatsApp, que é um aplicativo de mensagens instantâneas para smartphones, teriam brigado e por esse motivo, liberado as imagens para as redes sociais. 

Os pais de uma dessas meninas já tomou conhecimento do caso e espera o momento certo para acionar a polícia, já que o caso pode ser incluído como pedofilia e aí passaria a ser investigado pela Polícia Federal. 

A presidenta Dilma sancionou ano passado uma lei que ficou conhecida como 'Lei Carolina Dieckmann', por conta do caso referente à atriz que teve 36 fotos suas, em poses nuas e seminuas, vazadas na internet e foi vítima de chantagem.
Foto: Allisson Paixao Fonte: 180 Graus Postador: Edson Gilmar


Comentarios - Facebook




Comentarios - Surgiu

*De:
*E-mail:
Mensagem
Codigo da Imagem:
Atenção: Os Comentarios aqui publicados são de total responsabilidade
de seus autores e poderão ser excluídos se conterem caráter
pejorativo, ameaças ou ofensas aos visitantes ou ao artista.


No momento não temos nenhum Comentario
cadastrado em nosso banco de dados!

Publicidade

Redes Sociais

Publicidade

Publicidades Surgiu-37

Publicidade