Jornalista é agredido durante comício da candidata Verbena Macedo no último dia 17

Ele teve a cabeça aberta a golpes de barra de ferro, duas costelas quebradas e vários hematomas no corpo

Postada em: 23/09/2012 15h37m
Atualizado:   23/09/2012 20h20m
O jornalista Luís Schwelm, da Record News, de Araguaína (TO), foi brutalmente agredido na última segunda-feira (17) no povoado Brejo do Pinto II, em Estreito (MA), a 125 km de Imperatriz, durante comício da candidata a prefeita Verbena Macedo (PDT). Schwelm estava acompanhado do repórter cinematográfico João da Silva.

Ele teve a cabeça aberta a golpes de barra de ferro, duas costelas quebradas e vários hematomas no corpo. Se não fosse a intervenção de um morador identificado por Mikael o jornalista teria morrido no local da agressão. Os demais membros da equipe também foram agredidos a chutes e pauladas, mas conseguiram fugir deixando a câmara ligada, onde filmou boa parte da agressão.

O jornalista foi levado para um hospital na cidade de Araguaína com suspeita de traumatismo craniano. Ele está sob observação médica. O fato foi comunicado à Delegacia de Polícia, em Estreito.

A reportagem apurou que “mesmo quando a equipe agredida estava sendo atendida em um hospital em Estreito, o coordenador de campanha da candidata Verbena Macedo identificado por “Pinto”, dirigiu-se ao hospital para fazer novas ameaças ao repórter cinematográfico.

Também consta na ocorrência que membros do palanque agrediram verbalmente o candidato a prefeito Cícero Neto (PMDB), o Cicin, chamando-o de mentiroso e ladrão. O deputado federal Domingos Dutra (PT-MA) chegou ainda a esculachar e difamar o grupo da governadora Roseana Sarney.

O locutor-animador de palco da candidata também instigou a violência ao ter observado uma equipe de reportagem no local filmando o evento, onde os membros da coordenação da campanha de Verbena Macedo foram tomar satisfação com a equipe e deram “ordens” para eles se retirassem do local fazendo-lhes ameaças.

O jornalista Luís Schwelm alegou que tratava de um evento aberto e público e que só estava fazendo o seu trabalho, quando em poucos minutos um homem o surpreendeu aplicando um golpe na cabeça com uma barra de ferro.

JORNALISTA
  • Foto: Tribuna do Tocantins
  • Fonte: Tribuna do Tocantins
  • Postador: Surgiu TO

Digite o codigo abaixo:

Recarregar imagem