Valdemiro Santiago diz aos seus fiéis que precisa de R$ 30 milhões

Ele estaria devendo para as emissoras de TV com quem tem contrato

Postada em: 23/08/2012 16h26m
Segundo informações do jornalista Lauro Jardim da coluna Radar On-line, da revista Veja, o apóstolo Valdemiro Santiago estaria pedindo doações financeiras para seus fiéis para poder quitar R$30 milhões de dívidas com emissoras de TV.

O líder da Igreja Mundial do Poder de Deus tem contrato com a Band, Rede TV! e CNT que transmitem diariamente a programação dos cultos com mensagens do próprio apóstolo ou de outros bispos.

O valor de cada contrato não é revelado, mas durante um culto, Santiago chegou a dizer que os gastos com esses programas e outras despesas mensais da igreja chegavam nesse valor, o que pode dar a entender que ele esteja devendo para todas as emissoras.

Em outras ocasiões o jornalista da Veja afirmou que o apóstolo estava com o pagamento atrasado junto a Band, mas a emissora desmentiu dizendo que não havia débitos. Mas dessa vez seria o próprio religioso afirmando que está com dificuldades de honrar seus compromissos e por isso pedia ajuda dos fiéis.

Lauro Jardim afirma que em outra reunião Valdemiro Santiago conseguiu R$ 7 milhões de ofertas fazendo um discurso semelhante.

VALDEMIRO SANTIAGO
  • Foto: Divulgação
  • Fonte: Leiliane Roberta Lopes
  • Postador:

Digite o codigo abaixo:

Recarregar imagem

  • De: joaquim honorato
    fico triste em ver o povo desesperado e sem esperanca acreditar nesses lobos vestidos de cordeiro.cade o judiciario pra fiscalizar?

    01/11/2013 ás 20h01m
  • De: Gerencio
    K Deus torne a cuidar do seu servo tdos os dias do seu ministerios.
    06/06/2013 ás 18h14m
  • De: p o s
    Eu lamento porque todos os que vão à tv têm as costas de seus telespectadores como apoio para as suas despesas que dizem ser de Deus tais despesas. Eu só conheço um que precisou do povo de Deus com limites: Moisés. Ele pediu doações para a edificação do Tabernáculo de acordo com a necessidade; vale dizer que tais doações foram feitas exclusivamente para a obra de Deus. Moisés não usufruiu para mais nada. Mas o que vemos hoje?
    24/08/2012 ás 21h45m