Noticias Esportes Classificados Entretenimento
Polícia Civil de Cristalândia desbarata quadrilha de estelionatários
No Tocantins a quadrilha estava utilizando o mesmo modo que aplicaram em Sergipe, Bahia e Minas Gerais
Postada em: 21/08/2012 ás 10:58:24Atualizada:    21/08/2012 ás 11:25:39 Link:
Publicidades Surgiu-22
Foi presa na tarde desta segunda-feira, 20, uma quadrilha composta de quatro homens e duas mulheres na cidade de Cristalândia-TO que praticavam golpes como estelionatários na região.

A Delegada Titular da Delegacia de Polícia Civil de Cristalândia-TO, Dra. Maria Ribeiro de Souza Neta, chegou a quadrilha após uma das vítimas, João Paulo, proprietário da fazenda Aliança, distante 6 km da sede do Município e que havia arrendado a mesma pelo modelo de contrato escrito para o grupo e com a promessa de compra da mesma, ao ser alertado por um vizinho de que seu gado havia sido transferido para a Fazenda Japonesa e sem o seu conhecimento, levar o caso à Delegacia.

Ao todo eram 107 cabeças de gado da raça Tabapuã, todas as vacas com preços acima de R$ 1.300,00 cada, das quais 105 já estavam marcadas com o ferro do chefe da quadrilha, no caso N. L. S., nome falso de acordo foi apurado pela Delegada sem a devida permissão do dono.

As investigações começaram pelo senhor João Paulo, que desconfiado, passou os nomes para a Polícia Federal, onde foi constatado que o próprio chefe do bando havia um Mandado de Prisão em aberto, da cidade de Arauá-SE e que a mesma quadrilha já havia aplicado o mesmo golpe em Jandaira-BA e no Estado de Minas Gerais.

A Delegada Dra. Neta recebeu dos Delegados da cidade de Arauá-SE e Jandaira-BA, cópias dos processos em andamentos naquelas cidades de crimes cometidos pela quadrilha e de imediato acionou a Delegacia Regional de Polícia Civil de Paraíso do Tocantins que enviou vários agentes para esta operação, bem como o 8º BPM que também deu suporte na prisão dos meliantes.

A tentativa do golpe a ser aplicado na região de Cristalândia beirava os R$ 3 milhões de reais com a venda das fazendas e do gado.

O golpe não se concretizou graças à ação rápida de investigação da Delegada Dra. Maria Neta que contou com 15 Agentes da Polícia Civil e cinco Policiais Militares nesta operação. Com isto foram presos: N. L. da S., chefe da quadrilha, S. X., M. da S. M., M. da S.M., irmão e as duas mulheres, garotas de programas da cidade de Vitória da Conquista-BA, J. P. dos S. e L. dos P., que disseram à Delegada estar na companhia do banco com a promessa de deixar a vida mundana que exerciam.

A operação que começou às 15 horas e terminou à 1 hora desta manhã de terça-feira, 21. Todos estão presos na Delegacia de Cristalândia-TO e o chefe da quadrilha deverá ser recambiado para acidade de Aruá-SE, onde tem um Mandado de Prisão a ser cumprido.
Foto: Divulgação Fonte: Da Redação do SURGIU Postador: surgiu.com (abr)

Fotos Extra



Comentarios - Facebook




Comentarios - Surgiu

*De:
*E-mail:
Mensagem
Codigo da Imagem:
Atenção: Os Comentarios aqui publicados são de total responsabilidade
de seus autores e poderão ser excluídos se conterem caráter
pejorativo, ameaças ou ofensas aos visitantes ou ao artista.


No momento não temos nenhum Comentario
cadastrado em nosso banco de dados!

Publicidade

Redes Sociais

Publicidade

Publicidades Surgiu-37

Publicidade