Noticias Esportes Classificados Entretenimento
Comando prende policial militar acusado de matar homem e ferir mulher com dez tiros no Aureny III: presos são ouvidos
O ex- presidiário Gilson foi morto a tiros no Jardim Aureny III, e Vanessa ficou gravemente ferida após levar 10 tiros.
Postada em: 03/07/2012 ás 21:13:01 Link:
Publicidades Surgiu-22
O policial militar, Samuel dos Santos Godinho, e Juliano Zappani, são acusados do homicídio de Gilson Pires Barbosa e de ferir gravemente sua esposa, Vanessa de Sousa. A policia já prendeu Zappani e aguarda que a PM cumpra o mandado contra o policial. O ex- presidiário Gilson foi morto a tiros no Jardim Aureny III, e Vanessa ficou gravemente ferida após levar 10 tiros.

Foi expedida representação de prisão, busca e apreensão contra o policial militar, Samuel dos Santos Godinho, e Juliano Zappani, ambos acusados do homicídio de Gilson Pires Barbosa e de ferir gravemente sua esposa, Vanessa de Sousa, que levou dez tiros.

As informações foram passadas pela Secretaria de Segurança Pública que confirmou que Juliano Zappani já foi preso e está sendo ouvido pela polícia. Já o policial é procurado. De acordo com a SSP, a polícia chegou aos acusados depois que identificaram a placa da moto que teria sido usada no crime e que seria do policial.

Ainda de acordo com a Secretaria, logo que Vanessa recebeu alta reconheceu por meio de retrato falado que o policial teve participação no crime. Segundo a pasta, como Samuel dos Santos é policial, é a PM é que deve efetuar sua prisão. Assim, a Polícia Civil, por meio do delegado Sergio Kenupp, aguarda que o cumprimento do mandado seja efetuado.

O caso

Como foi divulgado pelo Site Roberta Tum em primeira mão, o ex- presidiário Gilson Pires, de 29 anos, (conhecido como Novo) foi morto a tiros no Jardim Aureny III, e Vanessa de Sousa, sua esposa, ficou gravemente ferida após levar dez tiros.

De acordo com as informações repassadas na ocasião pela SSP, Gilson havia sido preso em flagrante em março deste ano com 8 quilos de crack e havia deixado a CPP há duas semanas. A SSP também havia informado sobre a suspeita que o crime tivesse ligação com o tráfico de drogas.

O crime

O crime, segundo informou a polícia, aconteceu por volta de 1 hora da madrugada na residência onde morava o casal. De acordo com informações preliminares, o casal teve sua residência invadida, o morador foi atingido por vários disparos e morreu ainda no local. A mulher também foi atingida por tiros, mas foi socorrida e encaminhada ao Hospital Geral Público de Palmas (HGPP).



Policial foi preso

O comandante, Coronel Marielton Francisco dos Santos, informou que a PM acabou de efetuar a prisão do policial que está sendo levado para o 2 Distrito. “Agora ele vai ser ouvido”, informou o comandante.
Foto: Lourenço Bonifácio Fonte: Sara Cardoso - SiteRT Postador: surgiu.com (abr)


Comentarios - Facebook




Comentarios - Surgiu

*De:
*E-mail:
Mensagem
Codigo da Imagem:
Atenção: Os Comentarios aqui publicados são de total responsabilidade
de seus autores e poderão ser excluídos se conterem caráter
pejorativo, ameaças ou ofensas aos visitantes ou ao artista.

Recados:1
De: jak
esse policial tem que paga ele nao tem direito de tira a vida de alguem,
mesmo que as pessoas eram erradas da 10 tiros em uma mulher ele tem que
cuida da comunidade nao mata.
Data: 04/07/2012 ás 13:04:31

Publicidade

Redes Sociais

Publicidade

Publicidades Surgiu-37

Publicidade