Escolas comemoram o Dia do Livro Didático

Desde 1985, as escolas públicas recebem do Governo Federal os livros didáticos gratuitamente, por meio do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD)

Postada em: 27/02/2012 18h51m
Há como imaginar uma sala de aula sem livros? Quase impossível, não é mesmo? Na data em que se comemora o Dia do Livro Didático, 27 de fevereiro, mesmo com a ascensão do uso da tecnologia na Educação como os tablets, livros digitais e outros recursos, ainda são mesmo os livros impressos que orientam professores de todo o mundo na construção das estratégias de ensino, além de ser um dos mais importantes instrumentos de aprendizagem para os alunos.

No Brasil, desde 1985, as escolas públicas recebem do Governo Federal os livros didáticos gratuitamente, por meio do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). De acordo com o Ministério da Educação (MEC), em 2011, foram distribuídos mais de 135,6 milhões de livros desde o ciclo da alfabetização, aos ensinos fundamental e médio e para a educação de jovens e adultos. Com um investimento de 880,2 milhões de reais, por ano, o programa coloca o país entre os que mais investem em livros em todo o mundo.

Aqui no Tocantins, em 2011, foram distribuídos cerca 180 mil livros para os alunos da rede estadual de ensino e, este ano, mais unidades estão sendo entregues para estudantes das 547 escolas estaduais. A cada três anos, antes de chegar à escola, os livros didáticos são escolhidos por professores e equipe pedagógica de cada unidade de ensino, de acordo com o projeto político-pedagógico da escola.

Para festejar a data, escolas de todo o estado realizam atividades voltadas para o Dia do Livro Didático. Uma delas é o Colégio Estadual Darcy Chaves Cardeal dos Santos, localizado em Palmas, que preparou uma programação especial para os alunos. No evento, que tem início a partir das 19h30, estão previstas a entrega dos livros que serão utilizados durante este ano, além de palestra e oficina abordando a importância do livro didático e da conservação dos mesmos.

De acordo com a diretora da instituição de ensino, Lara Cristina Cabral a iniciativa tem como intenção a conscientização dos estudantes sobre o valor do livro didático. “Pensamos em realizar um evento que faça com que os alunos percebam a relevância desse material para o aprendizado, além de promover um esclarecimento sobre a importância de conservar os livros, pois eles serão utilizados por outros colegas no próximo ano”, explica. A escola atende 230 estudantes matriculados no ensino médio e na educação de jovens e adultos (Eja).


LIVROS DIDÁTICOS
  • Foto: Divulgação/Secom/TO
  • Fonte: Ascom/Seduc
  • Postador: Surgiu Abr

Digite o codigo abaixo:

Recarregar imagem