Gêmeas de 9 meses e uma criança de 1 ano e 9 meses são esfaqueadas em Paraíso TO

Duas crianças faleceram no local, uma terceira foi encaminhada para Palmas em estado grave

Postada em: 05/04/2014 01h49m
Atualizado:   05/04/2014 12h46m
Atualizado: Por volta das 12 horas deste sábado, 05, familiares da mãe das crianças entraram em contato com nossa redação e informaram que a mesma não havia ingerido bebida alcoólica. Nossa redação entrou em contato com os responsáveis pela investigação, mas até o momento não houve a confirmação por parte da Perícia quanto ao real estado psicológico da mãe. Caso estas informações procederem, irá contradizer as primeiras informações colhidas por nossa equipe no local do crime.


O Crime

Acionada através do número 190, policiais militares do 8º BPM de Paraíso do Tocantins, deslocaram por volta da meia noite desta sexta-feira para sábado, 05, para o Setor Vila Regina. Os mesmos chegaram na residência de nº 588, da Avenida Brasil, deste setor e encontraram as gêmeas M.C.B. Gonçalves e M.E.B. Gonçalves, de 9 meses de idade, além de seu irmão C.E.G. Gonçalves de 1 ano e 9 meses, todos com várias perfurações efetuadas por arma branca (faca) pelo corpo, sendo que a segunda e o último já em óbito. A primeira criança citada foi socorrida pela Unidade Móvel do Corpo de Bombeiros, em estado grave e conduzida para o Hospital Regional Dr. Alfredo de Oliveira Barros de Paraíso do Tocantins e em seguida encaminhado para o Hospital Geral de Palmas TO.

A mãe, citada como principal suspeita segundo policiais, a mesma poderia está sob efeito de bebida alcoólica ou qualquer tipo de entorpecente devido seu estado. A perícia recolheu no local do crime materiais para análise, dentre eles um pequeno frasco de bebida alcoólica (pinga) quase vazio. A mãe foi encontrada de posse das crianças no momento da chegada das autoridades. A mulher é separada de R.S. Gonçalves, 23 anos, que chegou momentos depois do crime, e foi avisado por telefone quanto ao ocorrido. A mãe das crianças não apresentava nenhuma reação.



Para a Polícia, a mãe Kelle Silva Barbosa, 19 anos, disse que tinha saído por um instante de casa para pegar um cigarro na vizinhança e quando voltou encontrou as duas crianças mortas e uma em estado grave.

A Polícia Técnica Científica esteve no local colhendo material e encontrou sobre a cama uma faca com o cabo quebrado e limpo de vestígio de sangue. Os serviços de investigações continuam. Os corpos foram encaminhados para o IML para Exames de Corpo de Delito.

O caso foi registrado com o Delegado de Plantão do Primeiro DP, e aguardará resultados periciais.





Mais informações a qualquer momento...

ESFAQUEADOS
  • Foto: Surgiu
  • Fonte: Redaçao Surgiu
  • Postador: Surgiu Abr

Digite o codigo abaixo:

Recarregar imagem

  • De: sueli
    É fim dos tempos Jesus está voltando gente....
    vamos cuidar da nossa salvação, porque só Deus é justiça.
    07/04/2014 ás 21h00m
  • De: rosana
    Nossa hontem eu vi essa noticia tão triste hoje fiquei mais triste ainda de saber que essas crianças e filho de um primo meu ,meu DEUS a onde vamos para com tantas maldades muito triste é toda familia tristes .
    07/04/2014 ás 12h52m
  • De: André Alencar
    Gente independentemente o acontecido, nao devemos jugar a mãe por certa falta de prova pra incriminar. Isso vai passar e a justiça sera feita. Sabemos que os familiares da mãe nenhum são cupado, qual também dos pai. Logo a anjinha Maria Clara vai se recuperar e sair vitoriosa. Temos que tomar muito cuidado pra isso não tornar se repetir, isso acontece em qualquer família, temos que buscar mais a Deus.

    Se a justiça da terra falhar a de Deus não!
    06/04/2014 ás 21h44m
  • De: Edirlene Miranda
    Meu Deus que crueldade com as crianças. Mas o que aqui se faz , aqui se paga.
    a justiça tarde mas não falha!
    05/04/2014 ás 16h44m
  • De: Francisco de Assis
    Quanta maldade, falta de Deus no coração. Dói na alma uma crueldade dessa. As crianças indefesas e um (a) assassino (a) sem piedade. A justiça aqui da terra a gente sabe que não funciona e nem vai resolver nada, mas o (a) culpado (a) por tamanha maldade deveria ser morto (a) em praça pública. Isso é a banalidade da vida, falta de amor próprio. Se faz isso com os próprios filhos, imaginem com estranhos! É DE PROFUNDO SENTIMENTO E ÓDIO AO MESMO TEMPO.
    05/04/2014 ás 15h56m
  • De: Larah
    Meus em q mundo estamos vivendo muita maldade crianças inocentes e sem culpa nenhuma .
    05/04/2014 ás 13h33m
  • De: Rosevânia - Cristalândia-Pedagogia
    Meu Deus que absurdo,quantas dariam tudo pra ser mâe, enquanto outras nem mereciam gerar uma criança. Familía é a base de tudo que somos. É imperdoavél isso...
    05/04/2014 ás 11h04m
  • De: Aldivan
    Santo Deus! A que ponto chegou a humanidade? Que de humano mesmo não tem quase nada. Misericórdia Senhor.
    05/04/2014 ás 11h00m
  • De: SUH MARTINS
    COMO É TRISTE LER UMA NOTÍCIA DESSA!
    05/04/2014 ás 10h37m
  • De: Edileusa
    MEU DEUS QUE BARBARIDADE ,QUE MUNDO NÓS ESTAMOS ,QUE DEUS CONFORTE ESSA FAMILIA.
    05/04/2014 ás 10h32m
  • De: Samuel
    ainda me perguntam porque eu trato todo mundo tão mal, é porque eu não gosto de ninguém \" JIMMY\' é esse nosso mundo, e vai só piorar
    05/04/2014 ás 09h01m
  • Publicidades Surgiu-54