Prefeitura de Madri autoriza a reforma do Santiago Bernabéu

A prefeitura de Madri aprovou nesta quinta-feira o projeto de remodelação do Santiago Bernabéu. A equipe espanhola enfrentava grande resistência de opositores, mas conseguiu a autorização após alegar que a obra vai gerar benefícios para o espaço público. Assim, os Merengues ficarão responsáveis pela modernização de 37 mil m² do entorno. O custo será de 13 milhões de euros (R$ 42 milhões).

No projeto, está previsto ainda a ampliação do museu e a construção de um hotel de luxo, que é a grande vitrine das obras. A altura do estádio também vai aumentar entre 12 e 13 metros, o que dará mais visibilidade ao Bernabéu.

Além disso, haverá a construção de novas zonas de comércio nas adjacências ao estádio. A fachada do Santiago Bernabéu será alterada e ficará mais moderna. E uma das principais mudanças será na Paseo de la Castellana, avenida que tem problemas de circulação de pessoas em dias de jogos do Real.

O Real Madrid pretende iniciar as obras ainda em 2017, mas, para que isso ocorra, o clube precisa obter algumas licenças. A parte mais pesada ficará para 2018 e 2019, e o custo total da reforma deve ficar em torno de 400 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão).

O ‘novo Bernabéu’ terá um painel de iluminação de LED e um teto retrátil. A capacidade subiria de cerca de 81 mil lugares para 84 mil.

(Imprensa)

Deixe uma resposta