Gideoni Monteiro disputa neste sábado a etapa colombiana da Copa do Mundo de Ciclismo de Pista

Representante brasileiro na Rio 2016 após 24 anos sem o País ter um atleta competindo o ciclismo de pista, Gideoni Monteiro (Indaiatuba/Shimano/Força Aérea Brasileira) disputa neste sábado (18), em Cali (COL), sua primeira competição internacional na temporada, visando o Campeonato Mundial de Hong Kong, em abril. A etapa colombiana da Copa do Mundo de Pista será realizada no Velódromo Alcides Nieto Patiño, local que sediou o Campeonato Mundial da modalidade, em 2014.

“Quero brigar por um top 10 aqui em Cali. Se vier um resultado mais expressivo, melhor ainda. Entro em qualquer prova pensando em ganhar, mas sendo realista, seria uma ótima Copa do Mundo estar entre os dez melhores”, define Gideoni. “Como esta é a primeira prova do ano, não posso fazer uma comparação com os meus adversários, porque não sei como eles estão fisicamente, mas, imagino que nós estejamos todos numa situação parecida. Apenas após a primeira das quatro provas da Omnium dará para saber o nível real dos demais competidores”, complementa o atleta do HTPro Team.

Assim como no Rio de Janeiro, Gideoni irá competir na Omnium, porém, a categoria terá novidades. Se no Jogos Olímpicos de 2016 foram dois dias com a realização de um total de seis provas, em Cali a UCI (União Ciclística Internacional) passa a adotar um novo modelo, com apenas um dia e quatro disputas. Na parte da manhã, serão disputados o scratch e tempo race, enquanto de tarde o ciclista encara a eliminação e a corrida final por pontos (25 km).

“Gostei muito da mudança, porque se encaixa bem nas minhas características. Antes nas provas no modelo antigo, tinha a volta lançada e o contrarrelógio de um quilômetro, por exemplo, que eram provas que eu perdia pontos e caia minha posição, por eu ter vindo da estrada e ter mais resistência. Esses detalhes nas provas de explosão não me favoreciam”, conta o ciclista. “Agora, tiraram essas provas e colocaram apenas as de pelotão. Isso me deixa muito feliz e animado”, completa.

Se o novo formato irá exigir ainda mais do preparo físico dos ciclistas, Gideoni tem em sua suplementação os produtos ideais para se recuperar e estar bem para cada uma das quatro disputas. “Trouxe na bagagem diversos produtos da HTPro, que vão me ajudar demais a estar bem nutrido. Será cerca de uma hora de intervalo entre as duas provas de cada período. Então, é importante me recuperar bem, para estar preparado para o próximo desafio. Em todas as fases tem que estar 110% e recuperar-se bem é muito importante”, conta.

“Entre 30 e 40 minutos antes do início da prova tomo o HTPro Pró treino 5:1P, que tem cinco tipos de carboidrato, e me mantém forte por muito tempo. Depois, apenas no intervalo, tomo gel HTPro, por não poder beber nada durante o tempo de prova, e assim tenho a energia necessária. Faço uso do HTPro 4:1R Recovery após a prova, para ter uma boa recuperação física. Como o tempo é curto, entre a manhã e a tarde tomo esse suplemento junto com o BCAA”, revela Gideoni Monteiro.

HTPro Team – Confirmando sua aposta no marketing esportivo, a HTPro Nutrition criou o HTPro Team, grupo de atletas de diversas modalidades esportivas patrocinados pela marca na temporada 2017. São destaques do automobilismo (Sérgio Jimenez e Rodrigo Baptista), ciclismo (Gideoni Monteiro), crossfit (Silas Caetano), fisiculturismo (Mibson Oliveira, Karina Marin e as gêmeas Patrícia e Priscila Reis), jiu-jitsu (Rodrigo Oliveira), montanhismo (Vivian Teles) e triatlo (Fernanda Garcia). Com o foco em ajudar os esportistas a conquistar seus objetivos, o HTPro Team amplia os conceitos da marca, de excelência e alta qualidade.

Sobre a HTPro Nutrition – Criada há três anos, a HTPro Nutrition é uma marca de nutrição esportiva que comercializa produtos de alta qualidade feitos no Brasil. O objetivo da marca é ser referência no mundo esportivo, desenvolvendo produtos superiores aos importados, julgados melhores pelos consumidores, com preço justo e comunicação focada.

(Gustavo Coelho)

Deixe uma resposta